13.6.06

Foi dada a largada...

... E a corrida para a reitoria de nossa universidade continua. De um lado os extremos conservadores, no outro - a extrema esquerda- revolucionária, comandada, nao por um homem, mas por toda uma comissão, sim! os integrantes do grupo "Uepg em debate".
O candidato Joao Carlos, da ala consevadora, tem um discurso ameno (um discurso de bom orador) e acredita na capacidade de todos aqueles com que trabalha dentro da universidade, além de que, prega que a universidade nao se constitui apenas de laboratórios ou espaço físico, mas principalmente de pessoas e das interaçoes entre elas. [Vai saber...]
No canto esquerdo do ringue temos Pedro Rodrigues, que se continuar com o discurso "chucro, curto e grosso", nao vai chegar muito longe. Ele, que é professor de física em vários cursos, diz ter aceitado o posto por acreditar nas necessidades de mudança e renovaçao da instituiçao. Ora, pois pois, nao me parace saber o que é mudança: na entrevista dada ao "jornaleco socialite D'Ponta a ponta" ele simplesmente nao respondeu a pergunta mais imortante para sua campanha "O que o sehor entende po mudança?". Talvez tenha achado ser desperdício de fala explicar pro tal jornalista o que era mudança (diferente do opositor que aproveitou pra dar alfinetadas no concorrente), mas imagino a cena de modo diferente: imagino que tenha feito um gesto sutil mostrando a universidade e seu atual reitor, querendo demonstrar que mudança é assumir as precisoes e fazer algo de concreto para atende-las. Já Joao Carlos diz que a mudança - tema da campanha P. Rodrigues- seria pôr abaixo tudo que a universidade conquistou. [Ai!]
Mesmo assim, o Sr. Pedro Rodrigues foi bastante feliz quando argumentou o que achava da escolha do voto partidário, e lembremos que as regras das eleiçoes foram definidas ainda na ultima gestao, antes do começo das campanhas e o modelo de votaçao favorece o outro candidato.
Pois bem , drugues, seja qual for a escolha de tais professores, funcionários e universitarios, fico por aqui!

Ps: Patriotismo tem hora local e ocasião, o que fizeram nas ruas hoje foi uma vergonha! Vai, continua assim povo "televisado"!

1 Comments:

Blogger FernandoDANTE said...

Apareceu uma cópia desse "jornaleco" aqui em casa, vou dar uma olhada na entrevista.

Então...realmente não sei o suficiente sobre os dois candidatos para ter uma opinião sólida. Pelo que você disse, digo que o JC é a melhor opção. Se eu também levar em conta outros fatores - o Sepam e as pessoas que trabalham lá -, também fico com JC.

15.6.06  

Postar um comentário

<< Home