15.6.06

Clapton, Mister Eric Clapton

Sabe aquele feriado, o mais sem sentido do ano, que vc nao entende e nao sabe porque está comendo Miojo 3 hrs da tarde? Bom é a minha- a sua- a nossa realidade, afinal vc realmente nao tem nada melhor para fazer nesta cidade. O que vc precisa mesmo é arrumar sua vida, a começar pelos seus cds. Eles que estao à tres anos na mesma baderna, sem lógica de posiçao, onde misturam-se as bandas "pop anos 80", as quais vc nao acredita ter guardado, e a antiga coleçao do Aerosmith que também dispensa comentários. Entao vc começa a tirar todos da prateleira de mogno e colocar no chão - o único lugar plausível para fazer um bom esquema de organizaçao. Depois de todos no chao, em pequenas pilhas, começa a perceber o grande desastre musical que se passa ali: o cd da Maria Bethania esta na capa do Nofx e, Nofx esta perto do que seria a letra E, dentro do cd do Elton Jhon.
Interessante mesmo é que vc sempre volta a ser bolha nesses lindos momentos de nostalgia. Sempre há uma pilha de "selecionados", varios discos que julga ser "merecidos de serem escutados" e isso dura até oito da noite, horário que nao aguentando mais o chao em sua bunda vc sofre para levantar e ir correndo pro banheiro mijar.
Foi aí que "resdescobri" Mister Eric Clapton. Nunca havia mudado de opnião quanto ao som dele, mas parei e ouvir quando entrei na onda das grandes trilhas sonoras (uma experiencia musical a ser compartilhada outra hora). De qq maneira é sempre bom fazer uma análise da discografia de uma artista, mesmo meu acervo sendo mosdesto...