5.7.05

Ratos/corrupçao e ratazana/roberto jefferson - coincidencia?

Nem mesmo uma hora depois de terminar o programa do Jô com o deputado Roberto Jefferson. Estou eu aqui rindo de partes da entrevista, que talvez devido ao sono, nao me lembro no momento, vamos ao que interessa [por que interessante mesmo é saber qual o tipo mais perigoso de ratazana vive no metro de Sao Paulo].
Vejamos o que diz o deputado sobre moral e etica, afinal foram os argumentos usados por ele durante toda a entrevista. Mesmo quando questinado se "dedar" o esquema do mensalao era uma maneira de "abafar" o esquema dos Correios ["meros 3000 reais, negócio de terceira do qual eu adimito que fazia parte"] ele usou da moral, ética e da honra, por incrivel que pareça, para justificar o uso da VERDADE em suas palavras. O que faz do homem, homem, nao é saber se ele rouba ou nao, mas se ele reconhece isso ou não. interessante, tá entendendo!?! [essa é minha]

obs finais: o ultimo entrevistado (sr. que nao consigo entender o nome e é responsavel pelo extermínio de pragas no metro de São Paulo), pois bem, recebe o comentario do Jô: é por causa dele que podemos usar o metro sem ter que nos encomodar com ratos e baratas subindo pelas pernas, o que acontece em muitos outros paises, nao é verdade?. Me pergunto: o Jô utiliza do serviço publico de transporte coletivo????

Sem mais de longas, ruminem a merda que acabei de escrever abraços a todos, aloha.